Blog Linux Avante

Altere o regulador e as frequências da CPU no Linux com cpupower-gui (nova versão)

19 de outubro de 2020

cpupower-gui

cpupower-gui é uma ferramenta que facilita a alteração do regulador da CPU, bem como os limites de frequência da CPU no Linux.

Além de alterar o regulador da CPU e os limites de frequência da CPU, o aplicativo oferece suporte a:

  • habilitar ou desabilitar um núcleo de CPU específico
  • mudar reguladores ou perfis de CPU através da linha de comando
  • AppIndicator para alternar rapidamente o perfil da CPU (atualmente, a GUI deve estar em execução para que o ícone da bandeja do AppIndicator esteja disponível)

Este aplicativo Python3 + Gtk3 foi atualizado para a versão 0.9.0 (seguido pela 0.9.1 para corrigir alguns bugs) recentemente com novos recursos, como a capacidade de usar perfis de CPU personalizados para alternar rapidamente as configurações. Você pode alternar entre os 2 perfis pré-construídos, Balanced e Performance, na interface do usuário cpupower-gui, mas não pode alterá-los ou criar um novo perfil a partir daí.

Em vez disso, para criar um novo perfil, você deve criar um arquivo de texto com um sufixo .profile (por exemplo, custom.profile) em /etc/cpupower_gui.d/ se quiser que esteja disponível para todos os usuários, ou em ~/.config/cpupower_gui/ apenas para o seu usuário. Para saber o que esse arquivo deve conter, consulte este arquivo exemplo de perfil e leia mais informações aqui.

Ainda outro recurso na versão mais recente do cpupower-gui é a capacidade de aplicar a configuração da CPU na inicialização ou após o login do usuário. Este recurso foi implementado como duas unidades systemd, um sistema (cpupower-gui.service) e um usuário (cpupower-gui-user.service), e não está acessível a partir da GUI. Para controlar isso, você precisa editar o arquivo de configuração /etc/cpupower_gui.conf já existente ou adicionar um arquivo .conf em /etc/cpupower_gui.d/ ou ~/.config/cpupower_gui/ para substituir o comportamento padrão.

Por padrão, a configuração cpupower-gui é definida para usar o perfil Balanced na inicialização. Por exemplo, se você deseja aplicar o perfil de desempenho na inicialização, você precisará editar o arquivo /etc/cpupower_gui.conf com um editor de texto como root. Neste exemplo, usarei o editor de texto de linha de comando do Nano para abrir o arquivo:

Comandos para usar no terminal

sudo nano /etc/cpupower_gui.conf

Neste arquivo, altere o perfil profile=Balanced para profile=Performance e salve o arquivo. Para salvar o arquivo usando o editor de texto Nano, pressione Ctrl + x, digite y e pressione Enter.

Você encontrará apenas uma outra opção neste arquivo de configuração: allcpus_default, que é definido como False por padrão. Esta opção controla o estado padrão da alternância To All CPUs da GUI do aplicativo.

Mais melhorias em cpupower-gui 0.9.0/0.9.1:

  • Suporte para o driver P-state da Intel e preferências de desempenho de energia (permite que você escolha o perfil de energia ao usar o driver intel_pstate)
  • Marcas nos controles deslizantes para indicar passos de frequência (quando disponíveis)
  • Armazena alterações de parâmetros por CPU para que as alterações possam ser aplicadas de uma vez
  • Indica com vermelho as CPUs com parâmetros alterados

Para o futuro, espero que o desenvolvedor disponibilize todos esses novos recursos diretamente da GUI. A interface do usuário também precisa de um pouco de polimento, eu diria. Fora isso, este é um aplicativo muito necessário, especialmente porque deve funcionar em qualquer ambiente de desktop, ao contrário de algumas outras soluções (como extensões GNOME Shell, por exemplo).

Baixando o cpupower-gui

Baixe o cpupower-gui

O aplicativo pode ser instalado a partir dos repositórios oficiais em muitas distribuições Linux, incluindo Debian Testing e Unstable, Ubuntu 20.04 e 20.10, Kali Linux, OpenMandriva Rllling e Cooker, Rasbian Testing e muito mais.

Ainda não foi atualizado para a versão mais recente na maioria dos casos. Se você deseja usar os novos recursos, como a capacidade de aplicar um perfil de CPU na inicialização e usar o novo recurso de perfis, certifique-se de instalar a versão 0.9.1 mais recente. Se isso não estiver disponível em seus repositórios de distribuição Linux, consulte os repositórios de terceiros listados na página cpupower-gui, disponível para Arch Linux/Manjaro (AUR), Debian/Ubuntu e derivados, Fedora e muito mais. Se você estiver no Ubuntu 20.10, poderá obter o binário do Ubuntu 20.04. É o que estou usando agora e funciona sem problemas.

Confira a versão original desse post em inglês
Propaganda
Blog Comments powered by Disqus.
Propaganda